Amor Moderado

Derivado da situação
O coiso descobri
Vi lá aqui na mão
Parte moderado daqui

Mas os que é isso?
É vivido num estado
Algo d’alvo emprumado
Sem lei ordem permisso

Grande sombras se peraltam
Quando sol lá ri
Passam mão em pranto
Amor Moderado descobri.

Tiago de Carvalho
Coimbra, 03 de Abril  2011
02:51

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Amor, Amplexo, Antigo, Carvalho, coimbra, Ensaio, Idiossincrasia, itiago, Maschera, Máscara, Moderado, pensar, Perfeito, poesia, poeta, sentir, Tiago, Uncategorized, Valentim, Vermelho. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s